Já pensou no que pode fazer, em conjunto com os seus filhos, os seus familiares e os seus amigos, para ajudar a preservar as espécies e os ecossistemas do nosso planeta? As Nações Unidas instituíram 2010 como o Ano Internacional da Biodiversidade mas, ano após ano, continuam a ser promovidas medidas que incentivam os cidadãos a diminuir a sua pegada ecológica, um dos grandes desafios sociais desta década.

Estes são 12 comportamentos que, se ainda não adotou, tem de passar a implementar rapidamente:

1. Ande menos de carro 

Utilize mais os transportes públicos e bicicleta ou ande a pé para ir para o trabalho ou levar os seus filhos à escola, pelo menos uma vez por semana. Evite as viagens de avião, sempre que possível. Opte também, sempre que possível, por fazer férias em território nacional.

2. Vá mais ao mercado

Compre alimentos, de preferência orgânicos, no mercado tradicional, pelo menos uma vez por semana. São mais saudáveis e saborosos, cheios de minerais e vitaminas fundamentais para um desenvolvimento saudável.

3. Não compre qualquer peixe

Coma peixe proveniente de pesca que seja ambientalmente sustentável e peixe de aquicultura herbívoros. Evite peixes de aquicultura carnívoros, como é o caso do salmão ou dos camarões.

4. Melhore a iluminação da sua casa

Instale em sua casa pelo menos uma lâmpada fluorescente compacta. Desta forma, irá poupar cerca de 30 € em eletricidade e na substituição de lâmpadas e reduzir as emissões de carbono em cerca de uma tonelada, a cada três anos. Use esse dinheiro para fazer programas (ambientalmente seguros) com os seus filhos.

5. Poupe eletricidade

Desligue as luzes de salas que não estejam a ser usadas e sensibilize os seus filhos para o mesmo. É de pequenino que se incentiva uma consciência ecológica.

6. Reduza ligeiramente a temperatura

Diminua a temperatura do termostato em cerca de 1º C no inverno e nos períodos mais frios. Quase não notará a diferença!

7. Evite ao máximo os químicos

Não use pesticidas nem herbicidas no seu relvado. Além da questão ambiental, corre o risco do seu filho ir para lá brincar e poder ingerir esse produto.

8. Compre apenas garrafas com rolhas de cortiça

Além de serem produzidas a partir um material mais sustentável, são uma forma de permitir a regeneração natural dos sobreiros. Têm ainda a vantagem de poderem ser reutilizáveis, ao contrário das tampas de metal ou de plástico, que na maioria das vezes acabam no lixo.

9. Passe a palavra

Conte a várias pessoas o que está a fazer para conservar a biodiversidade do planeta e peça que se juntem a si. Sensibilize os seus filhos, envolvendo-os no processo, nomeadamente incentivando-os à reciclagem. Diga-lhes também para espalhar a mensagem junto dos seus coleguinhas de escola.

10. Valorize quem já tem este tipo de preocupações

Apoie entidades que atuam em prol da biodiversidade. Fale delas aos seus amigos e familiares e procure explicar-lhes como funcionam, levando-os também a promovê-las, a apoiá-las e até a recorrer a elas, se for caso disso.

11. Não desperdice

Esta é uma das regras mais essenciais, ainda que depois, no decurso do dia a dia, são muitos os que não a põem em prática. Reduza o consumo, compre apenas aquilo de que realmente precisa e recicle sempre que puder.

12. Informe-se (mais) e colabore

Veja quais são os projetos de conservação da natureza da Quercus no site desta organização e descubra como pode contribuir. Para além desta, existem muitas outras instituições que também merecem ser apoiadas pelo trabalho meritório que fazem.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.