As áreas de quarentena estão aumentar na Europa, assim como o número de pessoas infetadas e óbitos devido à pandemia provocada pelo Covid-19.

Porém, nem tudo são más notícias, principalmente para o meio ambiente. De acordo com a Agência Espacial Europeia (ESA) e um grupo de pesquisadores independentes, as emissões de dióxido de carbono diminuíram significativamente em Itália após a quarentena devido à propagação do COVID-19.

O satélite Copernicus Sentinel-5P detetou um declínio nas emissões de CO2 em Itália, mostrando a diminuição da poluição do ar, com a mudança mais significativa sendo observada na parte norte do país.

"Embora possa haver pequenas variações nos dados devido à cobertura de nuvens e às alterações climáticas, estamos muito confiantes de que a redução nas emissões que podemos observar coincida com a quarentena atual em Itália, causando menos tráfego e atividades industriais”, disse Claus Zehner, diretor da missão Copernicus Sentinel-5P, da ESA.

Veja na galeria abaixo algumas dessas alterações.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.