O projeto surge na sequência de uma parceria entre a Câmara Municipal de Lisboa e a entidade responsável pelo tratamento dos equipamentos eletrónicos e elétricos Eletrão, e será desenvolvido nesta fase inicial em três freguesias da capital.

"Este projeto piloto surge depois de se confirmar que, em plena pandemia, as pessoas não estão a entregar para reciclagem os velhos eletrodomésticos e os que estavam a ser colocados na rua ou nos pontos de recolha são roubados", explica fonte do Eletrão.

Para que a recolha do eletrodoméstico seja feita, a população terá de agendar uma data através da linha telefónica (808 20 32 32) e, no dia combinado, colocar o aparelho junto à porta.

Depois, será recolhido e "encaminhado de imediato para tratamento", evitando assim a sua decomposição na rua, o seu roubo e confirmando-se a reciclagem, indicou o Eletrão.

Segundo o Eletrão, existe uma equipa e uma viatura própria para a recolha dos eletrodomésticos.

Esta iniciativa, em conjunto com os cerca de 5.000 Pontos Eletrão para eletrodomésticos usados e 2.000 Pontos Eletrão de recolha de pilhas e acumuladores, contribuem para que Portugal "cumpra as metas nacionais de recolha".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.