O que caracteriza a seca é a baixa humidade do ar, que fica mais rarefeito (com menor quantidade de oxigénio) e com menor quantidade de água. As consequências são dias muito secos e quentes e noites frias.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o aumento de temperatura leva à carência de água, comprometendo em período de seca as colheitas de produtos agrícolas (vegetais, frutas, cereais, tubérculos, etc.), a redução de stocks de bens alimentares e o abastecimento dos mesmos, desencadeando o aparecimento de situações de malnutrição, com o consequente aumento de doenças infecciosas, em particular nas crianças.

Não cuida do seu planeta? Estas são as 15 consequências
Não cuida do seu planeta? Estas são as 15 consequências
Ver artigo

Em caso de seca, ocorre instabilidade social, insegurança alimentar, fome e a longo prazo surgem problemas de saúde. Quando o período de seca se arrasta por muito tempo, surgem carências em combustíveis, alimentos e água, conflitos, imigração, aumento da pobreza, aumento do risco de incêndio, diminuição da capacidade de aquisição de combustíveis e da acessibilidade aos cuidados de saúde.

A falta de água leva à seca, que se agrava com a elevação da temperatura atmosférica, aumentando a evaporação da água de superfície e derretendo os glaciares. O degelo de glaciares pode transferir poluentes químicos para a cadeia alimentar marinha, contaminando a fauna e flora dos oceanos.

De acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS), os idosos e as crianças são os mais afetados pelas ondas de calor. O envelhecimento diminui a tolerância ao calor, a sede é sentida mais tarde, a sudação é atrasada e o número de glândulas sudoríparas é reduzido. A sua fraca perceção da sede origina situações de desidratação. Por outro lado, o risco de co-morbilidades e disfunções físicas e cognitivas aumentam, obrigando ao reforço das medicações.

Conheça os efeitos da seca no planeta Terra:

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.