Foi no passado domingo, dia 23 de junho, que entrou oficialmente em vigor a lei que proíbe a utilização de plásticos de utilização única, tais como sacos, palhinhas ou polistireno em Bali. De acordo com a organização Make A Change World, esta é a primeira região da Indonésia a adotar esta ação.

Esta medida foi necessária depois de, em dezembro de 2017, ter sido decretado um alerta urgente na ilha devido à grave crise da poluição devido ao uso de plástico, nomeadamente nas praias de Bali. O governador Wayan Koster implementou esta lei em 21 de dezembro do ano passado, com um período de adaptação de seis meses, de forma a que os comerciantes definissem novas estratégias para encontrar alternativas.

De forma a ajudar no processo de transição, o governo irá financiar todo o apoio educacional e social necessário às comunidades e negócios em toda a região.

Existe ainda outra medida para ajudar (mais) a preservar o meio-ambiente em Bali, passando pela criação de uma taxa turística de 9€, sendo aplicada em todas as entradas na ilha, quer incluam alojamento ou não. O valor arrecado servirá para colocar em prática mais medidas ambientais e obter mais meios de limpeza.

O novo imposto servirá ainda para se obter um melhor saneamento e recolha de lixo das ruas, mas também para financiar programas dedicados à preservação da cultura e natureza.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.