Como é natural, as crianças magoam-se com alguma facilidade, podendo, inclusive, até magoar alguém como consequência de alguma brincadeira e sem intenção. É, por isso, importante que, nesses casos, estejam protegidas com um seguro. Esta é uma forma de garantir que se, o seu filho ou terceiros, precisarem de assistência médica e cuidados, tenha uma ajuda na cobertura desse tipo de despesas.

São quatro os seguros que pode realizar para o seu filho ou onde o pode incluir: o seguro de saúde familiar, o seguro de acidentes pessoais para crianças, o seguro de responsabilidade civil familiar e o seguro escolar. Dê uma vista de olhos em cada um deles.

Seguro de saúde familiar

São poucas as seguradoras que fazem um seguro de saúde apenas para uma criança, mas é possível fazê-lo. Neste caso, a apólice cobre parte das despesas médicas de uma criança desde os 0 aos 18 anos e funciona como um seguro de saúde habitual. Tem uma quantia a definir como capital de hospitalização, cobre uma certa percentagem do valor de consultas, exames e urgências e tem uma rede de prestadores.

Neste tipo de situações, o mais comum é incluír o seu filho num plano de seguro de saúde familiar. Isto é: existem planos onde pode incluir vários elementos, incluindo crianças, e as seguradoras, normalmente, fazem um desconto na apólice com a entrada de cada membro. Por isso, se já tem um seguro de saúde, fale com a seguradora e pondere incluir o seu filho porque pode sair-lhe mais barato.

Seguro de acidentes pessoais para crianças

A opção do seguro de acidentes pessoais infantil é mais direcionado para a cobertura de despesas hospitalares e médicas,caso o seu filho ficar magoado num acidente. Além disso, nas coberturas base estão incluídas as despesas com repatriamento, caso a criança esteja fora de Portugal, e as despesas com invalidez permanente da criança ou morte.

Esta opção funciona quase como um seguro de saúde, mas tem a particularidade de poder adicionar uma variedade de coberturas opcionais: o pagamento de um subsídio em caso de internamento hospitalar, despesas com educação e despesas provenientes da prática de desportos perigosos.

Depois, também pode acrescentar a modalidade de acidentes pessoais de responsabilidade civil da vida privada, que o protege caso um acidente com o seu filho afetar terceiros. Ou seja, se num acidente o seu filho magoar outra pessoa, o seguro cobre as suas despesas hospitalares e médicas.

Seguro de responsabilidade civil familiar

Este seguro é focado diretamente na proteção de terceiros caso ocorra um sinistro provocado acidentalmente pelo seu filho (ou qualquer membro do agregado familiar que esteja na apólice).

Mas, além de despesas médicas com terceiros, o seguro também cobre despesas com bens materiais. Isto é, caso um objeto fique danificado, este também paga a sua reparação ou substituição.

Seguro escolar

Esta última opção não é contratável pois, se o seu filho frequentar um jardim de infância público, o ensino básico, secundário, profissional ou artístico, seja no ensino público ou privado, já tem direito a este seguro assim que se matrícula.

Este é um seguro sem custos associados, podendo ser ativado caso o acidente ocorra na escola ou no percurso casa-escola. É definido como acidente escolar qualquer evento ocorrido no local e tempo de atividade escolar que resulte em lesão, doença ou morte de um aluno.

Mas o que cobre o seguro escolar? Está incluída a assistência médica, despesas com medicamentos, pagamento de despesas de hospedagem, alojamento e alimentação ao aluno e um acompanhante edespesas relativas ao transporte. É ainda efetuado o pagamento de indeminização por incapacidade temporária, se o aluno estiver a exercer uma atividade profissional remunerada.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.