Todos os dias representa um papel essencial nas nossas vidas, mas só a 22 de março é que é celebrada de forma oficial. Sim, é da água que lhe falamos e, infelizmente, este ano tem tido um destaque especial na esfera política e mediática à conta da escassez de chuva que tem afetado a maioria do país.

O Dia Mundial da Água é comemorado anualmente a 22 de março com o objetivo de alertar as populações para a necessidade de proteger e preservar este recurso natural que, apesar de ser crucial para a nossa sobrevivência, é também ele limitado.

Aliás, Portugal é inclusive considerado como o 41o país em maior stresse hídrico em todo o mundo, segundo dados revelados pela National Geographic, mas antagonicamente acaba por gastar diariamente mais água do que a média mundial estimada.

Quanta água se consome diariamente em Portugal?

De facto, cada português é capaz de gastar cerca de 187 litros de água por dia apenas para realizar as suas tarefas normais, enquanto que a média mundial é de 110 litros/dia, de acordo com o Portal da Água. E isto não são boas notícias, nem para o meio ambiente ou tampouco para as suas finanças que podem ser fortemente afetadas pelo consumo exagerado deste recurso.

Nem sempre é fácil perceber se está a utilizar mais água que a recomendada durante o dia a dia, mas pode ficar com uma ideia base ao verificar as suas faturas mensais que devem indicar em que escalão de consumo se encontra, sendo que o recomendável é situar-se dentro do primeiro.

E existem ainda certos truques que pode colocar em prática para evitar gastos desnecessários e que consequentemente, o ajudam a poupar bastante mensalmente, e quem o garante é a Selectra, empresa especializada na comparação de tarifas, que aproveitou esta data para lhe revelar alguns deles.

Dispositivos para economizar água

- Redutores de caudal

Ao introduzirem pressão de ar no fluxo de água, estes dispositivos conseguem reduzir o seu volume em mais de 50%, sem que o nível de pressão seja afetado! Têm um sistema de fácil encaixe e podem ser adaptados a chuveiros e a todas as torneiras da sua habitação, desde a cozinha ao jardim.

No entanto, antes de comprar as peças, deve-se assegurar que estas são compatíveis com os aparelhos de sua casa. Para isso, deverá fazer primeiro um teste para avaliar o caudal das torneiras e posteriormente consultar na etiqueta dos produtos a informação que compara este valor com a pressão da água.

- Autoclismos com dupla descarga

Sabia que uma simples descarga de autoclismo pode gastar entre 10 a 15 litros de água? Isso significa que ao final do dia pode ter dispensado cerca de 100 litros nesta tarefa tão banal, um valor que se aproxima bastante à média mundial de consumo de água diário.

Este valor pode ser, porém, significativamente reduzido caso instale um autoclismo de dupla descarga, uma vez que o dispositivo utiliza praticamente metade da água que de outra forma seria dispensada através de um sistema único. Para evitar descargas desnecessárias deve ainda livrar-se dos resíduos sólidos no caixote do lixo e nunca na sanita.

- Cisternas

As cisternas são um excelente exemplo de reaproveitamento de água, uma vez que captam e armazenam a chuva para ser posteriormente utilizada para outros fins domésticos. Mesmo que passe por um processo de filtração, é preciso ter em conta que esta água continua a não ser considerada potável para consumo, contudo é perfeitamente seguro utilizá-la para regar as plantas ou para substituir as descargas de autoclismo.

- Aplicações móveis

E por fim, porque não utilizar o seu telemóvel como um forte aliado de poupança? Na verdade, são já várias as aplicações que o ajudam a controlar o seu consumo de água com o objetivo de proteger o meio ambiente e também as suas finanças.

O Tempo de Banho, por exemplo, funciona como um cronómetro que limita o período de tempo que utiliza para tomar banho, podendo o utilizador escolher entre três opções já pré-definidas: 4, 8 e 12 minutos.

Já o Organizze funciona como um gestor de gastos e despesas mensais, onde pode registar os seus consumos, de modo a ter um controlo mais absoluto sobre os mesmos e perceber se existem variações ao longo do tempo.

Posso escolher a empresa de água que quiser e pagar menos?

Ao contrário do que acontece com o serviço de eletricidade, o mercado da água é regulado e por isso não existem empresas concorrentes ou ofertas alternativas para o consumidor.

Assim, o contrato de água deve ser efetuado com a companhia que esteja responsável pela gestão deste recurso na sua zona de residência.

Ainda que se trate de um mercado regulado, os preços praticados não são os mesmos em todo o território nacional, sendo que segundo a Deco Proteste, são até altamente discrepantes, chegando a existir localidades que pagam 500€ por ano e outras em que o total das suas faturas não chega nem a metade desse valor.

Esta discrepância pode ser explicada devido à diferença geográfica ou ambiental entre concelhos que dificultam o processo de abastecimento e controlo desse recurso e que consequentemente faz disparar o valor das faturas de certos consumidores.

Por ter um alto peso no orçamento final de muitos portugueses é importante estar a par deste tipo de truques que, se forem colocados em prática, conseguem reduzir significativamente o valor das despesas com a água.

E apesar de alguns necessitarem de um investimento inicial, existem outros tantos que só requerem pequenas mudanças diárias e que estão ao alcance de todos!

Outras medidas de poupança:

  • Prefira o duche invés de banho de imersão e economize mais de 100l de água;
  • Utilize as máquinas de lavar só com a carga completa, sem recorrer a ciclos pré-lavagem e de preferência num programa eco. Com isto, irá conseguir poupar cerca de 25% de eletricidade e 20% de água;
  • Limpe os filtros das suas máquinas com regularidade para garantir que a eficiência da lavagem não está a ser comprometida;
  • Repare quaisquer fugas nas torneiras para evitar que exista água a ser desperdiçada;
  • Faça uma gestão das leituras do contador, de modo a controlar os seus dados de consumo e o
    valor das faturas mensais.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.