Para que preciso de poupar?

Antes de abordarmos as diversas alternativas para poupar no crédito habitação sugerimos que se questione:

  • Para que preciso de poupar?
  • Tenho outros sítios onde cortar custos?
  • Posso reduzir as minhas prestações com outros créditos?

Estas e outras questões irão ajudá-lo a tomar as melhores decisões financeiras. Na prática, o crédito habitação é o crédito com a taxa de juro mais baixa. Assim, podemos negociar com o banco não só para ganhar alguma folga financeira como também para poupar dinheiro e direcioná-lo para reduzir as dívidas com taxas de juro mais elevadas.

Alargamento do prazo

O alargamento do prazo é uma das principais formas de reduzir as suas prestações financeiras. Ao aumentar o número de anos que demorará a devolver o dinheiro ao banco está a reduzir as suas prestações, apesar de ir aumentar o montante total de juros a pagar.

Período de carência

Uma alternativa semelhante ao alargamento do prazo é a negociação de um período de carência. Em poucas palavras, o período de carência é um horizonte de tempo onde o cliente só paga juros. O que irá acontecer é que quando acabar este período a sua prestação irá aumentar.

Consolidação de créditos

A terceira alternativa para poupar nas suas prestações financeiras passa por consolidar créditos. Esta alternativa é especialmente interessante se tiver diversos créditos com prazos mais reduzidos do que o do crédito habitação (por norma, se tiver cartões de crédito irá poupar muito com a consolidação).

O crédito consolidado implica “juntar os créditos todos num só”, facilitando o controlo financeiro, aumentando o prazo e tipicamente reduzindo a taxa de juro média dos vários créditos. Utilize esta alternativa com prudência e acima de tudo tenha cuidado com os pedidos de crédito online pois poderá ter uma péssima experiência (por exemplo, não pague comissões de avaliação de processo pois muito provavelmente irá perder o seu dinheiro).

Transferir o seu crédito habitação

Uma alternativa que tem estado cada vez mais em voga – ou melhor, que está a ganhar uma nova força – passa por transferir o seu crédito habitação para outro banco que lhe proporcione uma taxa de juro mais baixa. De notar que esta alternativa apenas será vantajosa para clientes com spreads acima de 3% pois apesar de mais fácil não é garantido que consiga uma poupança.

Diz-nos a experiência que é possível reduzir as prestações dos vários créditos. Reduzir em nome de uma maior estabilidade financeira e de um maior desafogo. De notar que a redução de prestações pode ser uma ótima alternativa para melhorar a sua vida financeira mas que deve ser utilizada com alguma cautela de modo a não agravar os seus problemas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.