A Black Friday está a chegar e, com ela, os anúncios de preços únicos e oportunidades imperdíveis. No entanto, não é novidade que nem todas as promoções são aquilo que parecem.

Na ânsia de aproveitar as promoções ao máximo, corremos o risco de não prestar atenção a alguns pormenores. Por isso, é importante estar atento e agir com racionalidade para que os desconto não saiam caros.

Conheça seis erros que deve evitar nesta altura.

1. Não fazer uma lista

Um dos erros é não definir aquilo que realmente precisa. Sem ela, o risco de fazer compras por impulso é maior. Afinal de contas, acabou de ver um produto com 50% de desconto e não pode perder essa oportunidade. Mas será que precisa mesmo dele?

Assim, deve fazer esta lista ainda antes do início da época das promoções. Sem a “pressão” dos descontos, vai conseguir fazer uma análise mais fria sobre aquilo que realmente lhe faz falta.

2. Não analisar os preços antes do início da Black Friday

Nem todas as promoções são aquilo que parecem. Sabia que, de acordo com a legislação, os descontos devem ter como referência o preço mais baixo praticado nos 30 dias anteriores? Por isso, depois de fazer a lista, comece a pesquisar os preços dos produtos.

Tente fazê-lo ainda antes do início Black Friday, pois é uma boa forma de saber se está perante um desconto real quando chegar o momento de comprar.

Se falhou este passo, os comparadores da DECO e do KuantoKusta podem dar uma ajuda na tarefa de acompanhar e comparar os preços.

3. Não fazer um orçamento

Não saber quanto pode gastar é um erro que pode sair caro. Por isso, é importante que defina um orçamento. Tenha em conta as suas despesas mensais essenciais para saber quanto dinheiro pode destinar às compras da Black Friday.

Ao mesmo tempo, é importante estar preparado para o facto de ter de ajustar a sua lista de desejos. Isto porque o orçamento que estabeleceu pode não chegar para comprar tudo aquilo em que tinha pensado.

4. Não comparar preços entre lojas

A pressa de aproveitar uma promoção e o medo de que algum produto esgote podem levar a que faça a compra na primeira loja em que entra. No entanto, procure perceber se há uma oportunidade melhor noutro estabelecimento.

Mais uma vez, os comparadores são uma boa ajuda.

5. Não ler reviews de lojas e produtos

O preço é importante, mas há outros aspetos a considerar quando faz compras na Black Friday. Assim, é importante que esteja atento às opiniões de outros clientes em relação a lojas e produtos.

Por exemplo, se um produto que deseja está com uma excelente promoção numa loja que não conhece, é uma boa ideia ler reviews para saber como foi a experiência de outros consumidores.

6. Não conhecer as condições de troca e devolução

Sabia que as lojas físicas não são obrigadas a aceitar as trocas e devoluções de produtos sem defeito? Apesar de estarmos habituados a ter esta possibilidade, é importante que se informe sobre as condições em vigor nas lojas onde está a comprar.

Já para as compras feitas online existe legislação específica. Os produtos podem ser trocados no prazo de 14 dias a partir do momento em que são entregues ao cliente.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.