Olá,

Perante o choque da dor, em muitos casos, desenvolvemos um determinado tipo de pensamentos, sentimentos e comportamentos que, ao invés de facilitar o processo de lidar com o sofrimento, de uma forma construtiva e saudável, tende a agravar os sintomas e a potenciar o pensamento negativo. Podemos designar estes comportamentos de auto boicote, não são cooperantes, mas disfuncionais.

Alguns erros cognitivos associados às atitudes, crenças, expectativas mais comuns.

Polarização: Pensamento inflexível - “preto e branco” ou “certo e errado”. Desenvolvemos expectativas elevadas, que na maioria dos casos, não são realistas ou atingidas.

Generalização: Passar por uma única experiência cujo desfecho é negativo, automaticamente, assumir que as outras situações vão ter um desfecho idêntico (padrão derrotista). Um exemplo que ouço nas consultas, as mulheres em relação aos homens “Eles são todos iguais”. Os homens em relação às mulheres “Elas são todas iguais.”

Catastrofização: Antecipação de cenários catastróficos. Os problemas são sinónimos de catástrofe. Antecipa-se o pior e o mais dramático cenário possível. Um exemplo que ouço nas consultas “Nunca mais vou confiar nas pessoas.”

Raciocínio emocional: Assumir que os sentimentos refletem a realidade. Um exemplo que ouço nas consultas “Sinto que não tenho valor e que não sou capaz. Se me sinto assim é porque é verdade.”

Votos de uma semana com pensamentos positivos e realistas. Não podemos acreditar em tudo aquilo que pensamos.

Cumprimentos,

João Alexandre Rodrigues

Addiction Counselor

http://recuperarequeestaadar.blogspot.com

http://maisvaleprevenirdoqueremediar.blogspot.com

http://www.facebook.com/joaoalexx

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.