Quando negamos as nossas emoções podemos correr o risco de não estar em sintonia com os pensamentos/comportamentos e não conseguirmos ver a realidade do mundo.

Quanto mais confusa estiver a nossa mente por falsidades, mal entendidos e ilusões, menos capazes seremos de tomar as decisões mais correctas. Precisamos de valorizar o papel das emoções como parte de um todo complexo (corpo, mente e espírito).

Se prestarmos atenção às mensagens das emoções podemos descodificar os sinais de perigo, os limites nos relacionamentos, os papeis que adoptamos no dia-a-dia. Sabia que uma parte significativa das pessoas prefere ignorar a verdade dentro de si, principalmente quando receia admitir, perante si própria e os outros que afinal está errado?

Quanto mais empenho (compromisso e honestidade) colocarmos de forma a avaliar, apreciar e compreender a realidade; melhor (competências cognitivas e emocionais) equipados estaremos para enfrentar a adversidade.
Sinta as suas emoções, sejam positivas e/ou dolorosas. Você está vivo.

João Alexandre Rodrigues

Addiction Counselor
http://recuperarequeestaadar.blogspot.com

http://maisvaleprevenirdoqueremediar.blogspot.com

http://www.facebook.com/joaoalexx

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.