As intoxicações são estados resultantes da acção de um veneno ou tóxico, ingerido ou introduzido no organismo.

Uma intoxicação pode ser cutânea, gastrointestinal ou inalatória.

Como prevenir

- Evite entrar em espaços com odores intensos, susceptíveis de causar intoxicações, como o odor a gás. Se se tratar de um local fechado, deve arejá-lo, abrindo as janelas.

- Proteja-se sempre que manuseia produtos químicos, usando óculos, luvas e fatos de protecção individual.

Erros a evitar

- Aplicar substâncias como bicarbonato de sódio, vinagre ou sumo de limão, em caso de intoxicação cutânea.

- Provocar o vómito por iniciativa própria, em caso de intoxicação gastrointestinal. O vómito só deve ser provocado por recomendação médica. O médico dir-lhe-á como deve ser feito.

Como agir?

Contacte, de imediato, o Centro de Informação Antivenenos (C.I.A.V), através do número 808 250 143. Se não se recordar do número, ligue para o 112 e reencaminharão a sua chamada. Os médicos indicar-lhe-ão o que deve fazer.
Em caso de intoxicação por via cutânea, deve, primeiramente, lavar abundantemente a zona do corpo afectada com água.

No hospital, colabore com o médico na identificação do produto tóxico que provocou a intoxicação e na descrição de factores importantes como o peso e o seu historial clínico. Todas estas informações são relevantes para a avaliação médica.

Se assistiu a uma intoxicação cutânea e vai socorrer a vítima, use luvas para evitar o contacto com o produto tóxico.

Quando procurar ajuda médica?

Sempre. Em qualquer caso de intoxicação deve recorrer a observação médica.

A responsabilidade editorial desta informação é da revista

  com 

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.