Broas Castelares, broas de mel, broas de batata-doce, broas de Natal, são algumas das designações dos bolos pequenos, de cor castanha, consumidos na época natalícia, com tradição de norte a sul do país, nomeadamente na zona do Ribatejo. Facilmente identificamos as broas de Almeirim, de Torres Novas e de Abrantes, que além de consumidas nesta quadra, também o são noutras épocas do ano, em particular na Páscoa e no Dia de Todos os Santos.

Habitualmente de forma oval e com cerca 20 a 30 g por unidade, as broas são compactas, embora com uma textura macia e aspeto brilhante.  A dimensão e o sabor variam de acordo com a zona de origem, a composição da receita e os produtos locais disponíveis.

Dependendo dos ingredientes, podemos esperar que, em média, cada broa tenha entre 60 a 90 kcal, com cerca de 8 a 12 g de açúcar por unidade (o pacotinho de açúcar para o café tem entre 5 e 7 g). É um alimento calórico, rico em açúcar e que pede alguma prudência no consumo, embora, como diz o adágio, “um dia não são dias”.

Se conseguir arregaçar mangas, preparar e confecionar as broas em casa será o ideal. Grande parte das broas comercializadas conta com aditivos, conservantes e adoçantes.

4 receitas de broas caseiras que vai querer para este Natal
4 receitas de broas caseiras que vai querer para este Natal
Ver artigo

A lista de ingredientes é variada, sendo que a batata-doce ou misturas de farinhas são os ingredientes principais, complementados com azeite, ovos, açúcar e/ou mel, vinho doce, aromatizados com canela, cravinho, erva-doce, café e, ainda, finalizados com frutos secos oleaginosos como pinhão, noz ou amêndoa.

Para melhor gestão de tempo, as broas podem ser preparadas com dois ou três dias de antecedência e conservadas num recipiente fechado para servir no dia da festividade.

O modo de preparação também varia, mas as originais passam pela preparação inicial de uma calda de açúcar ou calda de azeite fervido, que pode já ter as especiarias adicionadas, depois adicionada aos restantes ingredientes.

Num alguidar, amassa-se os ingredientes e tendem-se as broas à mãos. Habitualmente, antes de ir ao forno, cerca de 10 a 20 minutos, finaliza-se pincelando as broas com gema de ovo para adquirirem o tal brilho. Em algumas receitas cada broa leva um fruto oleaginoso (ex. amêndoa, pinhão).

No Natal passe a rasteira às calorias em 10 simples passos
No Natal passe a rasteira às calorias em 10 simples passos
Ver artigo

Da lista de ingredientes que é, normalmente, muito variada, veja quais as broas que mais lhe agradam e ponha as mãos na massa. Bom apetite.

Broas Castelares ou de Natal:  habitualmente constituídas por batata-doce, frutos gordos oleaginosos (amêndoas, avelãs, pinhões, nozes, coco) especiarias como erva-doce, cravinho e canela, raspas de limão e ou Laranja.

Broas de Almeirim:  habitualmente constituídas por mistura de farinhas (trigo, milho, centeio), frutos gordos oleaginosos (pinhões e amêndoas) especiarias como canela e adoçado também com mel.

Broas de Torres Novas:  constituídas por mistura de farinha de milho e trigo, frutos gordos oleaginosos (pinhões), especiarias como canela, cravinho e adoçadas com mel, açúcar e ainda com cacau.

Broas de Abrantes:  constituídas por farinha de trigo, frutos gordos oleaginosos (nozes), especiarias como canela, erva-doce e adoçadas com mel e açúcar amarelo.


Vânia Costa é Professora Adjunta na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa. Os seus principais interesses de investigação estão relacionados com promoção de alimentação saudável no local de trabalho e promoção de competências e conhecimentos de pais e crianças para a adoção de uma alimentação equilibrada.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.