Foi realizado um estudo na Faculdade de Saúde Pública de Harvard que veio reforçar esta recomendação. Segundo os investigadores envolvidos neste estudo, o consumo regular e abundante de carne vermelha pode diminuir a esperança de vida, resultante do risco de problemas cardiovasculares e aparecimento de alguns tipos de cancro.

Para não fazer um consumo regular deste tipo de alimentos, pode e deve diversificar a sua alimentação, consumindo carnes brancas (ex: frango), peixe, ovo, soja, tofu, ou até leguminosas (ex.: feijão, lentilhas). Quando optar pelo consumo de carnes vermelhas, há que privilegiar as partes mais magras e confecionar de forma saudável (ex.: estufar em cru; assar sem gordura; grelhar).

 Ao fazer uma alimentação variada e saudável, estará a contribuir para ganhar em saúde e anos de vida.

Dra. Joana Pinheiro

(Nutricionistas)

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.