Entre os 37 jovens, com idades entre os 14 e 17 anos, que recorreram na quinta-feira à Urgência Pediátrica, foram confirmados dois casos de covid-19 e um caso de gripe, explicou o Centro Hospitalar de Leiria (CHL) em comunicado.

Para já, nenhum jovem está internado, sendo que quatro destes aguardam exames, 13 aguardam observação e 20 já tiveram alta, pode ler-se.

“Foram realizados 20 testes para despiste de ‘legionella’, todos com resultado negativo, pelo que não se confirma, para já, legionella”, bactéria que está na origem da doença do legionário, refere a instituição no comunicado.

Os jovens recorreram à urgência com sintomas de febre, tosse e dores musculares.

Na nota de imprensa, o CHL garantiu que irá continuar a acompanhar esta situação, que atualizará “se considerar pertinente”.

E apelou a todos os pais e jovens que acorrem ao serviço de urgência “que mantenham a calma enquanto aguardam o respetivo atendimento médico, respeitando as regras de segurança e distanciamento social”.

A doença do legionário, provocada pela bactéria ‘Legionella pneumophila, contrai-se por inalação de gotículas de vapor de água contaminada (aerossóis) de dimensões tão pequenas que transportam a bactéria para os pulmões, depositando-a nos alvéolos pulmonares.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.