Entre 1 e 7 de Agosto assinala-se a Semana do Aleitamento Materno em mais de 170 países. O objectivo é sensibilizar para a importância do aleitamento materno exclusivo até aos 6 meses de vida e para a sua manutenção, com alimentos complementares, pelo menos, até ao segundo ano de vida, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Este ano dá-se destaque às 10 medidas que permitem a um hospital ser considerado «hospital amigo dos bebés», de acordo com o Portal da Saúde. 

- Ter uma política de promoção do aleitamento materno escrita, afixada, a transmitir regularmente a toda a equipa de cuidados de saúde.
- Dar formação à equipa de cuidados de saúde para que implemente esta política.
- Informar todas as grávidas sobre as vantagens e a prática do aleitamento materno.
- Ajudar as mães a iniciarem o aleitamento materno na primeira meia hora após o nascimento.
- Mostrar às mães como amamentar e manter a lactação, mesmo que tenham de ser separadas dos seus filhos temporariamente.
- Não dar ao recém-nascido nenhum outro alimento ou líquido além do leite materno, a não ser que seja segundo indicação médica.
- Praticar o alojamento conjunto: permitir que as mães e bebés permaneçam juntos 24 horas por dia.
- Dar de mamar sempre que o bebé queira.
- Não dar tetinas, bicos artificiais ou chupetas às crianças amamentadas ao peito.
- Encorajar a criação de grupos de apoio ao aleitamento materno, encaminhando as mães para estes, após a alta do hospital ou maternidade.

A data evoca a Declaração Innocenti, assinada pelos responsáveis da OMS e da Unicef, em Agosto de 1990, comprometendo-se a proteger, promover e apoiar o aleitamento materno.

2010-08-02

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.