“É um gosto poder participar numa cerimónia que sendo simbólica é tão relevante para a melhoria da saúde pública em Moçambique”, disse João Matos Fernandes, ministro do Ambiente e da Ação Climática de Portugal, durante a cerimónia de entrega das vacinas, no aeroporto de Maputo.

O ministro das Obras Públicas e Habitação de Moçambique, João Machatine, disse que a doação irá fazer uma “enorme diferença” no processo de vacinação no país.

Segundo as autoridades, trata-se da quarta oferta de vacinas de Portugal, superando meio milhão (547.000) oferecidos pelo país.

De acordo com dados recentes das autoridades de Saúde moçambicanas, cerca de quatro milhões de pessoas foram inoculadas no país, das quais cerca de 2,6 milhões estão completamente vacinadas.

Moçambique vive um período de “baixa transmissão da covid-19 em todas as províncias”, tendo um total acumulado de 1.932 mortes e 151.325 casos, dos quais 98% recuperados da doença.

A covid-19 provocou pelo menos 5.012.784 mortes em todo o mundo, entre mais de 247,54 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.