O ator, que interpretou o agente 007 em quatro filmes entre 1995 e 2002, apareceu em 2016 numa campanha de televisão do Pan Bahar, um produto para combater o mau hálito conhecido por aumentar o risco de cancro da cabeça e pescoço.

O anúncio, no qual Brosnan aparecia ao estilo James Bond perseguindo mulheres bonitas, provocou piadas nas redes sociais e chamou a atenção das autoridades indianas que pediram explicações ao ator de 64 anos.

Estes são os sintomas de cancro mais ignorados pelos portugueses
Estes são os sintomas de cancro mais ignorados pelos portugueses
Ver artigo

Na resposta, Brosnan afirma que foi enganado e que o fabricante do Pan Bahar não explicou a "natureza perigosa do produto", escreve a agência de notícias France Presse que cita um funcionário do ministério indiano da Saúde, S.K Arora.

O ator adianta que já não tem contrato com a empresa e comprometeu-se a ajudar as autoridades indianas a acabar com as "campanhas publicitárias de produtos perigosos".

Autoridades vão "examinar a resposta"

A AFP diz que as autoridades vão "examinar a resposta" antes de decidir se tomam alguma medida contra o ator.

A fabricante do Pan Bahar, Ashok and Company, recusou-se a comentar o caso, mas garante que, ao contrário de outros "pan masala" (produtos de combate ao mau hálito, muito comuns na Índia), o seu não contém tabaco.

Os anúncios ao tabaco e álcool são totalmente proibidos na Índia.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.