A 15 de março, a União dos Sindicatos de Viseu lançou uma petição que tem como objetivo "defender o interior do país” e “combater a desertificação”, através da reabertura dos serviços públicos encerrados nos últimos anos.

O coordenador da União dos Sindicatos de Viseu e dirigente da central sindical CGTP João Serra disse aos jornalistas que já foram recolhidas mais de mil assinaturas nas três bancas feitas em Mangualde, Viseu e Tondela, às quais acrescem algumas centenas recebidas pela Internet, em www.defenderointerior.net.

“Dia 13 vamos até Castro Daire levar esta petição ao norte do distrito, porque estes problemas que queremos discutir são abrangentes de todo o distrito”, justificou.

Segundo João Serra, “regra geral, a aceitação das pessoas em relação a esta petição tem sido bastante boa”.

“As pessoas identificam-se com os problemas e assinam rapidamente a petição”, contou, explicando que os concelhos do distrito têm sofrido muito com o encerramento dos serviços públicos, sobretudo nas áreas da saúde e do ensino.

João Serra exemplificou que, no que respeita à saúde, “o panorama é mau, tendo em conta o encerramento de inúmeras unidades no distrito, com as consequências lógicas de fazer com que as pessoas tenham que se deslocar muitos quilómetros para terem acesso aos cuidados básicos”.

Além disso, nas unidades que não encerraram existem “graves carências em termos de pessoal de enfermagem e médicos, como é o caso, por exemplo, de Vila Nova de Paiva e de Cinfães”, acrescentou.

A recolha de assinaturas para a petição vai prolongar-se até ao início de junho, com bancas em todos os concelhos do distrito, para que o documento possa vir a ser discutido na Assembleia da República.

“Quantas mais assinaturas tivermos melhor, porque nos interessa que esta campanha reflita as dificuldades e as expectativas que os cidadãos do distrito de Viseu têm em relação a estas matérias”, frisou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.