Dois homens, pai e filho, com 72 e 42 anos, ambos infetados com COVID-19, foram encontrados mortos no interior de casa, na Damaia, Amadora, na tarde de domingo.

O alerta foi dado por um vizinho. Como nenhum dos homens abriu a porta durante o fim de semana, o vizinho alertou as autoridades.

Segundo Mário Conde, comandante dos bombeiros Voluntários da Amadora, o alerta chegou através do INEM.

"Houve moradores que ligaram para o 112 a dizer que não viam os vizinhos há imenso tempo e que poderiam estar lá dentro e que eventualmente não conseguiriam abrir a porta", explicou o comandante.

No local estiveram 16 operacionais dos Bombeiros da Amadora, da PSP e do INEM, apoiados por seis viaturas.

Os bombeiros entraram na habitação varanda, uma vez que a porta estava fechada por dentro. Os dois homens foram encontrados no quarto deitados na cama. Um médico do INEM confirmou o óbito no local.

De acordo com Mário Conde, não havia vestígios de agressão, de suicídio ou de homicídio no interior do apartamento.

Os corpos foram levados, depois das 16h30 para o Instituto de Medicina Legal para autópsia, a fim de se apurar as causas da morte.

A pandemia de COVID-19 provocou, pelo menos, 2.022.740 mortos resultantes de mais de 94,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 8.861 pessoas dos 549.801 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Vídeo - Como funcionam os testes para detetar o coronavírus?

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.