Palau, um micro-Estado com 18.000 habitantes, é um dos poucos lugares do mundo que não registou nenhum caso da COVID-19 à medida que aumentam os contágios em todo o planeta.

Este país insular é apenas um ponto no Oceano Pacífico, a centenas de quilómetros do vizinho mais próximo, uma situação que até ao momento o isolou do vírus, graças também às restrições à circulação ali impostas. Uma situação similar beneficia territórios como Tonga, Ilhas Salomão, Ilhas Marshall e Micronésia. 

Objetos que aumentam o risco de contrair COVID-19 segundo a Direção-geral da Saúde
Objetos que aumentam o risco de contrair COVID-19 segundo a Direção-geral da Saúde
Ver artigo

Mas o isolamento pode não ser suficiente para evitar a chegada do vírus. As Ilhas Marianas confirmaram os primeiros casos no fim de semana e na segunda-feira anunciaram uma possível primeira morte.

Neste momento existem 22 países e territórios que não contabilizam casos confirmados de COVID-19:

África: Serra Leoa, São Tomé e Príncipe, Burundi, Comores, Lesoto, Sudão do Sul, Malawi, Sahara Ocidental.

Ásia: Iémen, Turquemenistão, Tajiquistão, Coreia do Norte.

Oceania: Micronésia, Ilhas Marshall, Nauru, Kiribati, Ilhas Salomão, Tuvalu, Vanuatu, Samoa, Tonga e Palau, embora este último tenha um caso suspeito.

A tensão está a aumentar

Em Palau, Klamiokl Tulop, uma artista e mãe solteira de 28 anos, espera que se possa evitar o que aconteceu em cidades como Wuhan, Nova Iorque ou Madrid, onde os serviços de saúde estão saturados por um grande número de casos. "Percebe-se que a tensão está a aumentar e também a ansiedade quando se vai às compras", explica à AFP.

Em Palau, uma pessoa foi colocada em quarentena esta semana e as autoridades aguardam os resultados do teste de coronavírus.

Reclusão na Antártica: o único continente que escapou ao vírus

Na Antártica, as 90 pessoas que vivem em bases australianas estão isoladas no único continente do mundo que não foi afetado pelo coronavírus. "São provavelmente os únicos australianos que podem atualmente organizar um grande jantar ou ter bares e academias abertas", declarou à AFP Robb Clifton, o diretor de operações da divisão antártica. As bases permanecerão isoladas até novembro.

Em alguns lugares do mundo, a ausência de casos registados não significa que não existam contágios. É o caso da Coreia do Norte, onde as medidas de isolamento parecem ter sucesso, apesar da proximidade com a China e Coreia do Sul, dois países muito afetados pela pandemia.

Porém, a manipulação de algumas fotografias por parte da imprensa estatal provoca dúvidas sobre se o regime norte-coreano está a dizer toda a verdade.

Em Palau, mesmo sem casos confirmados, o coronavírus altera os comportamentos e a economia. Em Koror, a principal localidade do país, os supermercados já não têm gel desinfetante, máscaras, nem álcool.

A companhia United Airlines, que voava seis vezes por semana até Guam (que já tem mais 50 casos da infeção), reduziu as viagens a uma por semana.

O calvário de uma mãe que perdeu a filha de 16 anos infetada por coronavírus
O calvário de uma mãe que perdeu a filha de 16 anos infetada por coronavírus
Ver artigo

Os habitantes estão a começar a aplicar medidas de distanciamento social e os médicos aguardam a chegada de testes vindos de Taiwan. De modo paralelo, o governo está a construir cinco unidades isoladas para internar até 14 pessoas. As autoridades parecem esperar o inevitável.

"Gostaria de ser otimista e afirmar que não teremos o vírus", disse Klamiokl Tulop. "Mas Palau com certeza terá o vírus. Dependemos muito do turismo e a maioria de nós precisa de viajar para trabalhar".

Rondy Ronny, que se dedica a organizar eventos turísticos em Palau, admite que está muito preocupado à medida que vai perdendo cada vez mais clientes. "Tenho empréstimos e contas para pagar", disse. "Isto definitivamente vai prejudicar, espero que o governo faça algo".

Como é que o sabão destrói o vírus? Dúvidas e perguntas frequentes sobre a lavagem das mãos

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.