As comissões de utentes e os autarcas vão entregar no Ministério da Saúde uma corda, com mais de mil fitas azuis, recolhidas numa ação de protesto, exigindo a construção do Hospital do Seixal.

"A entrega destas fitas reforça a posição dos habitantes dos concelhos do Seixal, Sesimbra e Almada na urgência da construção do equipamento de saúde. Esta é também uma forma de protesto pela falta de resposta, seis meses depois do pedido endereçado pelos Presidentes das Câmaras de Almada, Seixal e Sesimbra para marcação de reunião com o Ministro da Saúde", refere a Câmara do Seixal em comunicado.

As fitas foram recolhidas numa ação de protesto pela construção do novo hospital no Seixal, que decorreu no dia 06 de novembro, numa iniciativa que está marcada para o dia 18 de janeiro, pelas 11:00.

"Há mais de dez anos que população, comissões de utentes e poder local reclamam a construção do hospital, considerado até pelo Governo, como uma prioridade inadiável. O compromisso assumido em 2009 com a assinatura de um protocolo entre a Câmara Municipal do Seixal e o Ministério da Saúde, para a construção do Hospital no Seixal, tem que ser cumprido urgentemente", concluiu o documento.

12 de janeiro de 2012

@Lusa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.