Luís Melo vive com Crohn há mais de três décadas, tendo sido diagnosticado dom a doença aos dezasseis anos. Luís Melo esteve à conversa com Marina Caldas sobre como é viver com fístulas perianais. É um exemplo de como dar a volta à Doença Inflamatória do Intestino (DII).

Vamos ficar a conhecer a história de vida do convidado enquanto pessoa com DII, saber a realidade com que vive e as dificuldades que sente no dia-a-dia, e também como aceitou saber que tinha fístulas perianais e como conseguiu superar.

Há quinze anos surgiu a grande complicação para a sua DII com a aparição das fístulas perianais. Numa fase inicial foi complicado pelas dores que surgiram, mas voltou a ter alguma qualidade de vida com o tratamento que lhe foi proposto, tendo o psicólogo desempenhado um papel muito importante.

Apesar de todos os problemas e mudanças que sentiu com as fístulas perianais, Luís é hoje uma pessoa com uma vida feliz e completa, e os seus conselhos são preciosos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.