Kumar Marewad foi levado para o hospital depois de ter sido atacado e mordido por um cão vadio.

As febres altas não pararam e, segundo os médicos, a infeção provocada pela mordedura começou a espalhar-se pelo corpo. Ligado a um ventilador mecânico há quase um mês, já ninguém acreditava que Kumar sobrevivesse, escreve o Daily Mail.

Os médicos recomendaram à família que levassem o jovem para casa para que lá pudesse passar os últimos momentos de vida.

O homem foi então levado para casa e depois de algum tempo sem respirar nem se mover os seus pais acreditaram que já estaria morto.

Segundo o jornal Times of India, a família começou a preparar as cerimónias fúnebres nesse mesmo dia. No entanto, a dois quilómetros do sítio onde seria o funeral, o jovem começou a mexer os braços e as pernas.

O jovem foi levado de volta para o hospital, onde se encontra neste momento em estado grave, escreve o The Independent.

Veja ainda: As 10 principais causas de morte em Portugal

Saiba mais: 15 doenças ainda sem cura

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.