"Confirmamos a nomeação da Dra. Ana Teresa Xavier como Responsável da Unidade Funcional de Oncologia do Centro Hospitalar Barreiro/Montijo, nomeação que produziu efeitos a 31 de março de 2016", referiu a fonte.

Jorge Espírito Santo confirmou à Lusa que estava demissionário em março, mês em que a administração do centro hospitalar, liderada por Silveira Ribeiro, anunciou que aceitou a demissão responsável.

A acompanhar o seu pedido de demissão seguiu para o conselho de administração uma carta a explicar as razões da sua posição, que não quis especificar à Lusa.

A situação foi comunicada à Ordem dos Médicos e na altura o bastonário, José Manuel Silva, mostrou-se muito preocupado com “o que se passa na oncologia e com a gestão do Hospital do Barreiro”.

"Os motivos apresentados [por Jorge Espírito Santo] são muito ponderosos e não é por acaso que um dos elementos mais dedicados à oncologia naquela instituição apresenta a demissão do cargo de diretor deste serviço”, disse.

Para o bastonário, as razões enumeradas pelo oncologista passam pelo “não funcionamento adequado das consultas de decisão terapêutica, má organização e falta de recursos”.

A acessibilidade em tempo das consultas de oncologia e a não contratação de profissionais, mesmo quando estes estavam dispostos, terão sido, segundo o bastonário, razões que levaram ao pedido de demissão de Jorge Espírito Santo.

A demissão do diretor da Unidade de Oncologia originou alguns pedidos de esclarecimento de grupos parlamentares, como BE ou "Os Verdes", ao Governo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.