As coordenadoras de um estudo científico realizado em Portugal em restaurantes para fumadores propõem a proibição total de fumar em espaços públicos.

“À semelhança do que aconteceu noutros países, esta medida revelou ser a única forma de proteger a saúde dos trabalhadores e clientes, melhorando efetivamente a qualidade do ar nestes espaços”, consideram Tânia Simões e Deborah Penque, coordenadoras da investigação realizada pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).

Os trabalhadores não fumadores de restaurantes onde o fumo é permitido apresentam níveis elevados no organismo de substâncias resultantes da transformação da nicotina, concluiu o trabalho divulgado num comunicado do INSA.

“As áreas de restaurantes em que se pode fumar estão altamente contaminadas com partículas finas, um marcador de contaminação por fumo de tabaco ambiental que é tanto maior quanto maior for o número de fumadores nesses locais”, referem a investigação.

As conclusões do estudo produzido, que vai ser publicado no Journal of Toxicology and Environmental Health, revelam ainda que “as alterações previstas na atual lei, nomeadamente o reforço dos sistemas de ventilação, não garantem a proteção dos trabalhadores contra o fumo do tabaco”.

Propõem, por isso, a “revisão urgente da legislação no sentido da proibição total do ato de fumar em espaços públicos”.

11 de janeiro de 2012

@Lusa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.