A doença foi detetada em um adulto e nove crianças, declarou, em comunicado, o Serviço de Saúde Pública (GGD) da província de Flevoland, que "controla atentamente a situação".

Segundo veículos da imprensa holandesa, que citam o GGD, "não se trata de uma epidemia de larga escala", já que as pessoas afetadas procedem de apenas duas famílias.

"Em 2013 e antes disso, esta doença foi registada com frequência em Urk", completou o GGD.

Esta pequena localidade de pescadores tem um dos mais baixos índices de vacinação do país, onde apenas 61,1% das crianças menores de dois anos foram vacinadas com a vacina tríplice viral - que confere proteção contra o sarampo - no ano passado.

A média nacional é de 92,9%, segundo números oficiais.

Urk é considerada uma das localidades mais religiosas entre as comunidades protestantes conservadoras da Holanda.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.