A quantidade de resíduos plásticos criados pelas lentes de contacto é equivalente, só nos Estados Unidos, a 400 milhões de escovas de dentes por ano, informam investigadores da Universidade do Estado do Arizona (ASU), que apresentaram as suas descobertas no encontro nacional da Sociedade Americana de Química, em Boston.

"Estes são poluentes significativos", comentou Rolf Halden, do Centro de Engenharia de Saúde Ambiental do Instituto de Biodesign, da ASU.

As imagens de um casamento gay que é um conto de fadas
As imagens de um casamento gay que é um conto de fadas
Ver artigo

"Há milhares de milhões de lentes que acabam nas águas residuais dos Estados Unidos todos os anos. São pelo menos 20.000 quilos por ano de lentes de contacto", acrescentou.

Halden, que usou lentes de contacto durante a maior parte da sua vida, começou a estudar a degradação desse produto depois de se questionar sobre o destino de todas as lentes que descartou.

Aproximadamente 45 milhões de pessoas usam lentes de contacto nos Estados Unidos, o que perfaz um total de 13 mil milhões de lentes de contacto utilizadas por ano.

Para onde vão as lentes?

Uma investigação com utilizadores de lentes de contacto nos Estados Unidos "descobriu que 15 a 20% dos seus consumidores descartam as lentes no lavatório ou sanita", adianta Charlie Rolsky, investigador e estudante de doutoramento da ASU.

Os investigadores seguiram o seu percurso até às estações de tratamento de águas residuais e descobriram que as lentes de contacto se desintegram, mas não se degradam. As partículas de plástico fluem para os oceanos ou formam parte do lodo dos esgotos, que é frequentemente aplicado à terra como fertilizante.

10 coisas perigosas que põe no lixo (e não devia)
10 coisas perigosas que põe no lixo (e não devia)
Ver artigo

No caso dos oceanos, pequenos e grandes peixes, assim como o plâncton, podem confundir microplásticos com alimentos.

Esses plásticos indigeríveis seguem o seu caminho pela cadeia alimentar, chegando aos alimentos consumidos por humanos.

A equipa científica da ASU encontrou apenas um fabricante de lentes de contacto cuja embalagem informa os utilizadores sobre como descartar este produto de forma adequada.

"Não coloque as lentes em águas residuais. Coloque-as em resíduos sólidos ou recicle-as", adverte Halden.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.