Após ter sido detetado na sexta-feira o primeiro caso de infeção, o de uma enfermeira, foram feitos cerca de 60 testes de despiste de covid-19 a todos os 34 utentes e aos restantes funcionários da unidade, tendo mais 12 pessoas tido resultados positivos e as restantes negativos, disse à agência Lusa António Sargento, provedor da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, no distrito de Beja.

Entre os 13 infetados, há sete utentes e seis profissionais, precisou, referindo que a unidade funciona num edifício separado fisicamente das restantes valências da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, como o lar de idosos e o Hospital de São Paulo.

Segundo o provedor, os sete utentes infetados permanecem na unidade, numa ala dedicada à covid-19 e criada no âmbito do plano de contingência, onde estão "a receber os cuidados devidos" e, até hoje, "nenhum precisou de internamento" hospitalar.

A situação criou um "défice" na equipa de profissionais da unidade e a Santa Casa da Misericórdia de Serpa está "a fazer e tudo para o resolver internamente", mas, "se for necessário, irá recorrer a alguns profissionais, nomeadamente de enfermagem", de ouras misericórdias ou externos, para "garantir o serviço e os cuidados aos utentes", disse.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 40,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.213 pessoas dos 103.736 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.