A decisão foi divulgada hoje pela Autoridade de Saúde Regional dos Açores.

“A Autoridade de Saúde Regional determina, para os concelhos que se encontram em nível de Alto Risco - Nordeste e Vila Franca do Campo - a partir das 00:00 de amanhã, dia 13 de abril, o encerramento de todos os estabelecimentos de restauração, bebidas e similares, sendo permitido apenas o funcionamento em serviço de entrega ao domicílio e ‘take-away’ até às 22:00”, lê-se na página de Internet da Direção Regional da Saúde.

Na mesma nota, aquela entidade acrescenta que é feita uma exceção no caso do “fornecimento de refeições a hóspedes de estabelecimentos hoteleiros ou similares por parte dos respetivos serviços de restauração".

Em São Miguel estão em nível de Médio Risco os concelhos da Lagoa, Povoação, Ponta Delgada e Ribeira Grande e em Alto Risco os de Nordeste e Vila Franca do Campo.

Todos os concelhos das restantes ilhas do arquipélago apresentam níveis de Muito Baixo Risco.

O nível de alto risco implica, entre outras medidas, recolher obrigatório das 20:00 às 05:00 nos dias úteis e das 15:00 às 05:00 aos fins de semana, ensino à distância em todos os estabelecimentos de ensino, teletrabalho sempre que possível e horários específicos para o comércio.

As lojas fecham às 20:00 nos dias úteis e às 15:00 ao fim de semana, mas os restaurantes e similares têm de fechar sempre às 15:00, podendo funcionar em ‘take-away’ e entrega ao domicílio até às 22:00.

Existem cinco níveis de risco: Muito Baixo (menos de 25 casos por 100 mil habitantes), Baixo (entre 25 e 49 casos por 100 mil habitantes), Médio (entre 50 a 74 casos por 100 mil habitantes), Médio Alto (entre 75 e 99 casos por 100 mil habitantes) e Alto (mais de 100 casos por 100 mil habitantes).

Nas últimas 24 horas foram diagnosticados nos Açores 27 novos casos de covid-19, sendo um na ilha Terceira e 26 em São Miguel, e não houve recuperações.

Segundo o boletim de hoje da Autoridade de Saúde Regional, em São Miguel "todos os casos foram registados em contexto de transmissão comunitária".

Vila Franca do Campo continua a ser o concelho da ilha de São Miguel onde se regista o maior aumento diário de casos, com mais 14, dos quais três em Ponta Garça, um na Ribeira Seca, sete em São Miguel e três em São Pedro.

Há também mais três novos casos no concelho da Lagoa (um em Água de Pau e dois no Rosário), quatro no concelho da Ribeira Grande (três na Ribeirinha e um no Pico da Pedra) e cinco no concelho do Nordeste (um na Algarvia e quatro em Santana).

Quanto ao caso na ilha Terceira, "é referente a um viajante, residente, com análise positiva ao sexto dia", na freguesia de Santa Cruz, da Praia da Vitória.

Há mais duas pessoas internadas hoje, num total de 12 doentes hospitalizados no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, sendo que cinco estão em Unidade de Cuidados Intensivos, mais uma do que no domingo.

A região regista atualmente 330 casos positivos ativos, sendo 328 em São Miguel (80 no concelho de Ponta Delgada, 146 em Vila Franca do Campo, 51 no concelho do Nordeste, 32 na Ribeira Grande, 15 no concelho da Lagoa, e quatro no concelho da Povoação) e dois na ilha Terceira, um em Angra do Heroísmo e um na Praia da Vitória.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.