Esta atualização sobre a chamada Operação Hillman indica que emitiu mais 50 multas desde o mês passado, quando o primeiro-ministro, a esposa, Carrie, e o ministro das Finanças, Rishi Sunak, foram multados por terem participado numa festa de aniversário surpresa a Boris Johnson a 19 de junho de 2020, quando o país ainda estava sob confinamento.  

 A polícia acrescenta que a investigação continua em curso.  

 O chamado "partygate" causou uma onda de indignação entre os britânicos, impedidos de se encontrar com amigos e familiares durante meses em 2020 e 2021 para conter a propagação da covid-19.  

 Dezenas de milhares de pessoas foram multadas pela polícia por desrespeitarem as regras.   

 Boris Johnson pediu desculpa mas negou ter violado as regras conscientemente, recusando demitir-se.  

 Um inquérito parlamentar foi aberto sobre se mentiu aos deputados quando desmentiu a existência da irregularidades, ofensa que normalmente resulta em demissão. 

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.