Trata-se da primeira vacina chinesa a ser aprovada pela OMS e a sexta do conjunto de todas as vacinas contra a covid-19 homologadas pela organização.

O anúncio foi feito na videoconferência de imprensa regular da OMS sobre a pandemia da covid-19, transmitida da sede da organização, em Genebra, na Suíça.

A vacina produzida pela farmacêutica chinesa Sinopharm é recomendada a pessoas com mais de 18 anos, devendo ser administrada em duas doses com um intervalo de duas a três semanas.

Apesar de continuar a avaliar os dados sobre a vacina, à medida que são facultados pelo laboratório, o grupo de peritos da OMS considera que a fórmula da Sinopharm cumpre os requisitos de segurança, eficácia e qualidade.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.