O ponto de situação nos lares do concelho de Vila Franca de Xira foi feito esta manhã pela vereadora com o pelouro da Saúde, Fátima Antunes, durante uma reunião do executivo municipal.

Segundo adiantou a autarca os surtos localizam-se na Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira, na Fundação Cebi, em Alverca, na Associação de Reformados e Idosos da Póvoa de Santa Iria (ARIPSI) e no lar de Betel na Castanheira do Ribatejo.

No caso da Santa Casa da Misericórdia de Vila Franca de Xira testaram positivo 75 utentes e 34 funcionários, encontrando-se neste estabelecimento uma Brigada de Intervenção Rápida da Segurança Social.

Na Fundação CEBI, em Alverca do Ribatejo encontram-se infetados 59 utentes e 28 funcionários, esperando-se a entrada da Brigada de Intervenção Rápida da Segurança Social para dar apoio à instituição.

Na freguesia vizinha de Santa Iria de Azoia há registo na ARIPSI de 26 casos positivos em utentes e 13 em funcionários.

Já no Lar de Betel, na Castanheira do Ribatejo, registam-se 16 utentes positivos, dois quais se encontram internados, e três funcionários.

“Estando o concelho e o país a viver a situação mais grave até ao momento, no que respeita à pandemia, a Câmara Municipal tem estado a monitorizar ao minuto todas as situações de surtos que ocorrem no concelho, numa ligação direta entre a proteção civil municipal, a autoridade de Saúde Pública, o Hospital de Vila Franca de Xira, a Segurança Social e as forças de segurança”, sublinhou Fátima Antunes.

A autarca referiu que a Câmara tem estado a “colaborar ativamente em todas as ações para as quais se verifica ser necessária a sua intervenção, nomeadamente no fornecimento de equipamentos de proteção individual, na articulação com a Segurança Social e Instituto do Emprego e Formação Profissional, com vista à colocação de pessoal para reforçar as equipas dos lares de idosos ou noutros apoios de natureza logística”.

Fátima Antunes adiantou, ainda, que o processo de vacinação nos lares de Vila Franca de Xira vai decorrer entre quinta e sexta-feira desta semana, abrangendo utentes e funcionários de instituições sem surtos ativos.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.058.226 mortos resultantes de mais de 96,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.246 pessoas dos 566.958 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.