O país asiático registou 33,6 milhões de infeções desde o início da pandemia e um número total de 447.373 mortos.

As infeções das últimas semanas contrastam com os números recorde registados durante a segunda vaga de covid-19 no país de 1,35 mil milhões de pessoas entre abril e maio, quando mais de 400.000 casos foram relatados diariamente.

A disponibilidade limitada de vacinas tem sido um fator importante no plano de vacinação do país, que apesar de ser conhecido como a “farmácia do mundo” e o lar da maior fábrica de vacinas a nível global, enfrentou durante meses sérios problemas para satisfazer a sua procura local.

Cerca de 230 milhões de pessoas, 16% da população adulta, foram inoculadas com as duas doses da vacina.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.