À margem da apresentação do relatório “A Saúde dos Portugueses. Perspetiva 2015”, que traça o perfil da saúde dos cidadãos residentes no território nacional, entre 2004 e 2014, Francisco George considerou este “um problema”, que não é exclusivo de Portugal.

Segundo o relatório, em 2013 registaram-se 114 casos de tosse convulsa.

Francisco George garantiu que o problema está a ser alvo de análise por parte dos diretores-gerais da União Europeia.

Na origem deste aumento do número de casos de tosse convulsa esteve a mudança da vacina, que “permitiu a circulação da bactéria” que causa a doença, a Bordetella pertussis.

Para já, Francisco George recomenda que os adultos tenham especial cuidado com as crianças com quem contactam, principalmente se estas ainda não tiverem sido vacinadas.

A doença caracteriza-se por uma tosse que, normalmente, acaba numa inspiração prolongada, profunda e com um som agudo (convulsa).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.