Os autarcas das áreas metropolitanas do Porto e de Lisboa vão pedir a António Costa que transfira o poder de decisão sobre os horários dos centros de saúde para as autarquias.

Esta proposta faz parte de um pacote de descentralização a apresentar esta terça-feira, em Vila Nova de Gaia, pelo líder da Área Metropolitano do Porto (AMP), Eduardo Vítor Rodrigues, avança hoje o Jornal de Notícias.

Sabe mesmo quantas vezes deve ir ao médico?
Sabe mesmo quantas vezes deve ir ao médico?
Ver artigo

Os autarcas vão propor ainda a António Costa ter os centros de saúde abertos até à meia-noite.

A medida consta do pacote de descentralização e segundo o autarca anfitrião e líder metropolitano do Porto, Eduardo Vítor Rodrigues, as propostas já foram "consensualizadas" entre as AMP para serem apresentadas a 27 de março ao primeiro-ministro.

Aliviar as urgências hospitalares

O líder da AMP advoga um alargamento dos horários de funcionamento até às 23h ou à meia-noite para permitir "aliviar as urgências hospitalares" e garantir um serviço de proximidade.

"Queremos intervir nos horários dos centros de saúde. Estão desajustados. Quem trabalha não consegue ir fora do horário laboral", afirma citado pelo referido jornal.

Os encargos do alargamento do horário iriam ser suportados pelas autarquias – justifica-se porque a "contrapartida para o cidadão é muito maior".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.