António Costa assumiu esta posição na segunda ronda do debate sobre política geral, na Assembleia da República, depois de uma intervenção da deputada socialista Telma Guerreiro sobre a situação em Odemira.

O primeiro-ministro sustentou que a intervenção do Governo em Odemira teve diversos níveis, começando “pela de fundo no sentido de resolver a questão da habitação” dos trabalhadores, mas também “uma de emergência, em que foi necessária a intervenção da GNR, da Autoridade para as Condições do Trabalho, da autoridade local de saúde e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF)”.

“Todos estes agentes andaram de casa em casa a vistoriar com a Câmara quais as situações de habitabilidade e procurar assegurar alojamento de emergência. É muito fácil dizer que cabiam todos [os trabalhadores] na pousada da juventude local, mas não cabiam e muitos tiveram de vir para o Alfeite [Almada]”, observou.

Em relação a outros trabalhadores, perante a crise da epidemia de covid-19, de acordo com o líder do executivo, optou-se por uma solução local.

“Soluções que foram encontradas por requisição civil que com muita honra assinei, porque era efetivamente necessário encontrar uma solução de emergência para assegurar o confinamento profilático”, insistiu.

Perante os deputados, o primeiro-ministro defendeu depois a tese de que, em consequência destas medidas, “foi possível registar-se uma evolução na saúde pública – a questão mais importante”.

“Agora, tal como comunicou a autoridade local de saúde, a maior parte dos resultados positivos [de covid-19] correspondem a cadeias já identificadas, não havendo neste momento transmissão comunitária. Como se verifica uma trajetória decrescente de casos, foi possível levantar-se a cerca sanitária nas duas freguesias”, frisou António Costa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.