A asparagina é um dos vinte aminoácidos mais comuns no planeta e está presente, por exemplo, em espargos, frutos do mar, leguminosas, aves e outros alimentos.

A revista Nature publicou um estudo realizado em animais que mostra a dificuldade que certos tipos de tumores, como o da mama, têm para crescer quando a ingestão de asparagina através da alimentação é inibida.

10 alimentos que aumentam o risco de cancro
10 alimentos que aumentam o risco de cancro
Ver artigo

O que os cientistas pretendem agora é descobrir quais são os alimentos que potenciam o crescimento do cancro para melhorarem o tratamento.

Em laboratório, os camundongos - ratinhos de laboratório - foram submetidos a uma dieta pobre em asparagina ou com medicamentos que bloqueiam este aminoácido. Dessa forma, os cientistas aperceberam-se de que os tumores tiveram dificuldades em crescer.

"Foi uma grande mudança, quase não se descobriram tumores", revelou à BBC o professor e autor do estudo Greg Hannon.

"No futuro, alterando a dieta de um paciente ou usando medicamentos que mudam a maneira como as células cancerígenas têm acesso aos nutrientes, esperamos melhorar os resultados dos tratamentos", acrescentou.

Outro estudo com resultados semelhantes

Estes são os sintomas de cancro mais ignorados pelos portugueses
Estes são os sintomas de cancro mais ignorados pelos portugueses
Ver artigo

No ano passado, a Universidade de Glasgow mostrou que inibir a ingestão de outros aminoácidos como a serina e a glicina retardou o desenvolvimento de linfomas e tumores malignos do intestino.

"Estamos a aperceber-nos de evidências crescentes de que alguns cancros são dependentes de componentes específicos da dieta", disse ainda o investigador à BBC.

O cientista alerta, porém, que ainda é preciso confirmar estas descobertas com testes em seres humanos, pelo que não se deve criar um alerta à volta da asparagina.

O professor e investigador Greg Hannon recomenda ainda ter uma dieta rica e variada do ponto de vista nutricional.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.