Consumir álcool reduz a intensidade dos sintomas da artrite reumatóide e reduz também a gravidade da própria doença, defendem investigadores da Universidade de Sheffield num estudo divulgado na BBC online.

Os investigadores questionaram dois grupos de indivíduos, com e sem artrite reumatóide, acerca dos seus hábitos de consumo de álcool. Os resultados mostram que os doentes que bebiam álcool regularmente apresentavam menos queixas de dor e inchaço nas articulações.

A investigação envolveu 873 indivíduos com artrite reumatóide e 1004 sem a doença. Todos os participantes preencheram um questionário detalhado sobre o consumo de álcool e foram submetidos a raios-x, análises sanguíneas e exames às articulações.

“Verificámos que os doentes que consumiam álcool com mais frequência apresentavam sintomas menos severos comparativamente aos que não bebiam ou bebiam apenas de forma esporádica”, explicou James Maxwell, líder da investigação.

Os raios-x mostraram que estes doentes apresentavam menos lesões nas articulações e as análises sanguíneas revelaram níveis inferiores de inflamação. Os doentes apresentavam menos dor e menos inchaço.

“Supomos que o álcool suprime a actividade do sistema imunitário e esta acção pode influenciar o desenrolar da doença”, afirma o autor.

Fonte: Portal de Oncologia Português

2010-07-29

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.