São 1285 euros brutos mensais. É isto quanto ganha um enfermeiro que trabalhe num dos hospitais públicos nacionais.

As 10 piores profissões para as costas explicadas por um médico
As 10 piores profissões para as costas explicadas por um médico
Ver artigo

O montante coloca os enfermeiros portugueses no grupo dos que têm os salários médios mais baixos entre os vários países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), segundo o "Jornal de Negócios".

Só na Turquia, Estónia e México os enfermeiros ganham menos do que em Portugal.

Nos 26 países analisados pela organização, os enfermeiros portugueses estão entre os que ganham pior em termos absolutos e em paridade de poder de compra (PPC).

Fim dos cortes salarias

O estudo da OCDE sustenta-se em dados remuneratórios de 2017, o primeiro ano completo em que, em Portugal, os trabalhadores da Função Pública deixaram de ter cortes salariais.

Nesse ano, os salários médios dos enfermeiros dos hospitais públicos totalizavam 18 mil euros anuais, cerca de 1285 euros mensais, em valores brutos e incluindo subsídios de Natal e férias.

O montante não contabiliza os rendimentos adicionais, como o pagamento de horas noturnas, fins de semana e bónus ou horas de trabalho suplementar, que são comuns entre a classe.

12 sintomas que nunca deve ignorar
12 sintomas que nunca deve ignorar
Ver artigo

Enfermeiros em greve

A greve dos enfermeiros em blocos operatórios começou no final de janeiro e estende-se até ao final de fevereiro.

A greve, convocada pela Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE) e o Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor), prevê abranger sete centros hospitalares: São João e Centro Hospitalar do Porto, Centro de Entre Douro e Vouga, Gaia/Espinho, Tondela/Viseu, Braga e Garcia de Orta.

À semelhança da última paralisação, a greve é apoiada por um fundo recolhido numa plataforma ‘online” que já angariou milhares de euros e que está a levantar polémica quanto à proveniência das doações.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.