com o apoio MEO
Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui

Em destaque

Pavlova de mirtilos

Para celebrar os três anos do blogue "No Cheat Day", Alida Remtula preparou uma pavlova crocante por fora e suave e cremosa no interior. Termina com natas batidas e uma montanha de mirtilos.

Ingredientes

Pavlova

Claras de ovo à temperatura ambiente 4
Açúcar 1 chávena
Vinagre ou limão 1 colher de chá
Amido de milho (Maizena) 1 colher de sopa

Natas batidas

Natas bem frias 1 chávena
Açúcar 2 colheres sopa
Sumo de lima 1 colher de chá

Calda de mirtilos

Mirtilos 1 colher + alguns para decorar
Açúcar 1 colher sopa
Água 4 colheres de sopa
Açúcar em pó para polvilhar usar a gosto

Preparação

Pavlova: Comece por pré aquecer o forno a 170 ºC.

Separe as claras das gemas e bata as claras, juntamente com o açúcar num robô de cozinha por dois minutos na velocidade 4.

Caso faça na batedeira, bata as claras por dois minutos e acrescente o açúcar ao fim desse tempo e bata novamente por aproximadamente oito minutos ou até que se formem picos fortes.

Em qualquer um dos processos, acrescente o sumo de limão ou o vinagre a meio do processo.

Coloque o merengue numa taça e junte o amido de milho. Envolva com cuidado, com a ajuda de uma espátula.

Transfira o merengue para um tabuleiro forrado com papel vegetal e molde da forma que mais gostar, com a ajuda de uma espátula ou com a parte de trás de uma colher.

Leve ao forno por 30 a 40 minutos.

Ao fim dos primeiros dez minutos, baixe a temperatura do forno para 150 ºC.

Desligue o forno e deixe a pavlova descansar com a porta do forno entreaberta por uma hora ou até que esfrie completamente.

Natas batidas: junte as natas e o açúcar e bata por um minuto na vel. 4. Caso faça na batedeira, bata as natas por dois minutos, acrescente o açúcar e bata por mais cinco minutos ou até obter natas consistentes.

Adicione o sumo de lima e envolva bem.

Calda de mirtilos: junte todos os ingredientes da calda numa panela em lume médio-alto e deixe que ferva, mexendo de vez em quando.

Quando começar a ficar espesso e com a cor roxa, está pronta.

Para ficar mais uniforme, bata a calda num liquidificador ou com uma varinha mágica.

Montagem: coloquem a pavlova no prato em que vai servir.

Com cuidado, recheie com as natas batidas.

Regue com a calda de mirtilos e espalhe os mirtilos frescos por cima.

Por fim, polvilhe com açúcar em pó.

Divirta-se e delicie-se com esta pavlova de mirtilos.

Para mais uma deliciosa receita encontra aqui  Bolinhas de atum

Receita da autoria de Alida Remtula do blogue “No Cheat Day

Receita do parceiro
J.M.A

Em destaque

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.