A ideia nasceu em Berlim e rapidamente conquistou outras cidades, como Paris e Los Angeles. Agora é Lisboa que inaugura os “Jantares Sensoriais”, o mesmo é dizer às escuras.
Todas as quintas e sextas apagam-se as luzes no primeiro piso do restaurante vegetariano Bem-Me-Quer e, em total escuridão, começa a refeição.
O Bem-me-Quer leva mais longe o adágio "os olhos também comem”, provando que nariz, ouvidos e tacto unem-se na experiência gastronómica.
A proposta procura, igualmente, sensibilizar os participantes para o dia-a-dia à mesa dos invisuais. Como anfitriã, os clientes têm Ana Serôdio, uma colaboradora invisual que faz as honras da casa, guiando os clientes nos seus primeiros passos nesta experiencia sensitiva. A refeição inicia-se com uma explicação sobre a posição dos objectos sobre a mesa.
O menu de degustação inclui uma entrada, três sopas, três pratos e três sobremesas. As propostas partem de uma parceria entre Paula Cascais, proprietária do restaurante e a Cooking Lab, empresa constituída por um grupo de pessoas com formação na área das ciências e interessadas no estudo da Gastronomia Molecular.
O jantar exige marcação prévia e fica nos 40,00 euros, por pessoa (sem bebidas).
Restaurante Bem-Me-Quer. Av. Almirante Reis, 152, R/c e 1º esq.
Reservas: 218 476 678

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.