Os restaurantes Ferrugem (Famalicão), Poivron Rouge (Porto) e Tavares (Lisboa), na categoria de cozinha de autor, e A Eira (Amarante) e Almourol (Vila Nova de Barquinha), na categoria de cozinha tradicional, arrecadaram a medalha de ouro no Concurso Vinhos Verdes&Gastronomia.

Dos 30 restaurantes que se candidataram à quinta edição da iniciativa promovida pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, oito foram ainda distinguidos com a medalha de prata e um recebeu a medalha de bronze. Os galardoados foram conhecidos na noite de 18 de setembro, no Palácio do Freixo, no Porto, numa cerimónia que serviu também para assinalar os 104 anos de demarcação da Região dos Vinhos Verdes.

Em dia de aniversário, que coincidiu com o arranque simbólico das vindimas de 2012 na região, a CVRVV anunciou os vencedores de um concurso que tem como objetivo premiar as melhores harmonizações gastronómicas com Vinho Verde e, ao mesmo tempo, levar os chefs dos restaurantes e hotéis nacionais a criarem pratos adequados ao perfil único no Mundo do Vinho Verde.

Os prémios que distinguem as melhores harmonizações são definidos com base nas escolhas feitas pelo júri do concurso, composto por Agostinho Peixoto (presidente da Associação de Profissionais de Turismo de Portugal), Bruno Almeida (provador da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes), José Silva (jornalista e crítico de vinhos e gastronomia) e Marco Gomes (chef).

Inicialmente, o júri avaliou todas as ementas a concurso, passando à segunda fase as cinco melhor classificadas por categoria. O Concurso Vinhos Verdes&Gastronomia está dividido por três categorias: cozinha de autor, com a assinatura do chef patente na elaboração da ementa que o restaurante candidata; cozinha tradicional, tipicamente portuguesa ou regional, e cozinha internacional, específica de uma região do globo.

Apurados para a segunda fase, os restaurantes foram visitados pelos quatro membros do júri, que degustou uma ementa completa – entrada, prato principal e sobremesa – e escolheu os prémios ouro (90 a 100 pontos), prata (80 a 89 pontos) e bronze (75 a 79 pontos).

O jantar comemorativo do 104.º aniversário da Região dos Vinhos Verdes e a cerimónia de entrega de prémios do concurso no Palácio do Freixo incluíram um menu de degustação composto pelas ementas distinguidas com o diploma de ouro. A saudação do Vinho Verde foi uma proposta do restaurante Almourol, enquanto a entrada quente coube ao restaurante A Eira. Já o prato de peixe foi servido pelo Poivron Rouge e o prato de carne pelo restaurante Ferrugem. A sobremesa foi apresentada pelo restaurante Tavares.

À semelhança de edições anteriores, os restaurantes premiados com ouro vão ter disponíveis ao público em geral as ementas vencedoras durante um mês, ao passo que a CVRVV incluirá as harmonizações douradas no Guia Gastronómico dos Vinhos Verdes que anualmente edita.

A V edição do Concurso Vinhos Verdes&Gastronomia realizou-se de 15 de junho (início das inscrições) e 6 de setembro (última visita do júri aos restaurantes).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.