Depois do sucesso da primeira edição, Porto Santo volta a apostar na segunda edição do Festival Rota do Atum para atrair mais gente à ilha, entre os dias 4 a 9 de junho. Atrativos não faltam. Além de um concurso gastronómico, o programa de animação inclui  showcookings, tertúlias, música, exposições de fotografia, dança, workshops e a oportunidade de se realizarem visitas aos atuneiros, acompanhadas por pescadores.

Organizado pela unidade hoteleira Vila Baleira Resort com o apoio da Secretaria Regional de Agricultura e Pescas, da Secretaria Regional de Turismo e Cultura da Madeira e da Associação de Promoção da Madeira, o festival conta também com a presença de afamados cozinheiros. Ao chef José Cordeiro, embaixador da edição deste ano, junta-se também o chef Manuel Santos, que integra a equipa residente do festival.

Já ouviu falar em mukbang? Número de pessoas que o faz está a aumentar
Já ouviu falar em mukbang? Número de pessoas que o faz está a aumentar
Ver artigo

O prestigiado chef português António Vieira, o cozinheiro espanhol José António Goye, o chef italiano Carmine Basile, o cozinheiro francês Yves Gautier, os chefs japoneses Hirotoshi Ogawa e Shinya Koike e Ben Borsht, finalista do programa de televisão "MasterChef Austrália" em 2018, são outros dos convidados. "O atum vai ser a verdadeira estrela no palco das atenções gastronómicas", sublinha, no entanto, Bruno Martins, diretor-geral do Vila Baleira Resort, assumindo a iniciativa como "forma de divulgar a iguaria mas, também impulsionar a promoção da ilha, do turismo e da economia local".

Atrair mais pessoas à ilha para contrariar a sazonalidade turística é um dos propósitos do evento. "O sucesso e os números de visitantes e participantes da primeira edição justificam que, em 2019, estejam já previstas ligações aéreas diretas de Lisboa e do Porto", informou entretanto a organização. As águas atlânticas ao largo de Porto Santo, responsáveis por 60% da cota total da pesca do atum, são a origem desta iguaria.

Porto Santo prepara-se para ser a capital mundial do atum e até há um chef que vem da Austrália para o confecionar

O ingrediente principal do concurso gastronómico "O atum é a estrela" promete surpreender naquele que será um dos momentos altos do evento. Aberto a profissionais de cozinha com restaurantes em Porto Santo, a competição irá eleger os três melhores cozinheiros. "Este ano, como novidade, além da categoria dedicada aos profissionais, haverá também uma categoria para os restaurantes", informa a organização.

O Festival Rota do Atum tem entrada livre. "Os menus de almoço terão um preço fixo de 20 € e os de jantar 25 €", refere o comunicado de imprensa do evento. "Quanto às propostas gastronómicas, assegura diversidade e riqueza na apresentação do atum, desde os pratos mais típicos ou simples até às opções e aos sabores mais arrojados e inovadores", sublinham os promotores do evento gastronómico madeirense.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.