Há exatamente um século, Masataka Taketsurun deixou a destilaria de família que existia desde 1733 e viajou para a Escócia. Inscreveu-se na Universidade de Glasgow para estudar química e aprendeu tudo o que havia para saber sobre o verdadeiro whisky escocês na destilaria de Longmorn.

Vinte anos depois regressou ao Japão e deu início a uma revolução que tornaria, mais tarde, o whisky japonês numa bebida de culto e numa das melhores do mundo. A nipónica marca Nikka é a detentora do título de melhor whisky do ano de 2018.

A 13 de fevereiro, entre as 19h00 e as 20h00, a prova de whisky Nikka na Garrafeira Nacional (loja da Rua da Conceição 20/26) terá a duração de uma hora e é limitada às 25 primeiras inscrições. A prova, orientada por Tiago Barradas, brand builder da marca, contará com os seguintes whiskys: Nikka Days, Nikka Coffey Grain, Nikka Coffey Malt, Nikka From the Barrel. Referências de diferentes barricas, com características e graus de envelhecimento distintos.

A entrada na prova tem o custo de 20,00 euros com as inscrições a serem feitas através do e-mail: info@garrafeiranacional.com

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.