Trata-se da 2.ª edição do Mês das Migas em Mora, uma iniciativa promovida, ao longo de todo o mês de fevereiro, pela câmara municipal daquele concelho do distrito de Évora.

Baseado nos números da primeira edição do certame, no ano passado, o município informou hoje que, no global, os restaurantes aderentes esperam servir “mais de cinco mil doses de migas”.

Segundo a autarquia, o evento contempla a inclusão nas ementas dos “mais variados pratos” de migas, sejam as de espargos ou de batata, passando pelas de coentros, ovas, enchidos, couve-flor e também migas de tomate, entre outras.

Com esta 2.ª edição, o objetivo da câmara passa por “reforçar a projeção de Mora”, tornando-a “numa referência através da aposta no melhor que se faz no concelho, neste caso a gastronomia”.

As migas são “uma parte grande da nossa dieta e um prato muito procurado por quem vem ao concelho”, frisou à agência Lusa o presidente do município, Luís Simão.

“Não vale a pena inventar nada. Temos é que valorizar o que temos cá e a gastronomia é uma das nossas riquezas”, justificou também o presidente da câmara.

Na iniciativa, realçou a autarquia, participa “a totalidade dos restaurantes do concelho”.

“O Poço”, de Brotas, “A Palmeira”, “Os Arcos”, “O Fluviário” e o “Solar da Vila”, da freguesia de Cabeção, o “Afonso”, “Morense”, “Quinta do Espanhol”, “O António” e “Solar dos Lilases”, de Mora, e “O Forno” e “Solar de São Dinis”, de Pavia, são os restaurantes que prometem fazer “crescer água na boca” aos visitantes.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.