“Os Cafés e outras Constelações de Encontro da Avenida de Roma: um Mapa-Múndi Pintado no Bairro de Alvalade” é o nome da iniciativa que percorre todo o mês de setembro e que inclui três itinerários distintos pelo “mosaico cartográfico de cafés” que se alinhou ao longo do tempo no Bairro de Alvalade.

Os cafés e outras constelações de encontro nos «Verdes Anos»” é o primeiro desses itinerários. Nele os participantes terão a oportunidade de viajar pelos tempos do filme de Paulo Rocha, “quando este território adquire o estatuto de Bairro Moderno”.

Este itinerário irá realizar-se no dia 1 de setembro às 11h00 e no dia 2 de setembro às 11h00 e às 17h30, com partida do Bairro das Estacas (junto ao mercado) e término no Café Vá-Vá.

Os cafés e a constelação de lugares de encontros no tempo do 25 de Abril” é o segundo itinerário. Nele recordar-se-ão os “ventos de liberdade” que se fizeram sentir no Bairro de Alvalade e com os quais os seus cafés “experimentariam uma maior intensidade cenográfica, onde a celebração assumiu uma ordem simbólica de Liberdade”.

Este percurso terá início no primeiro logradouro da Avenida dos Estados Unidos da América (junto ao n.º 80) e terminará no Café Vá-Vá. Mais uma vez, haverá três sessões: dia 8 de setembro às 10h00 e dia 9 de setembro às 11h00 e às 17h30.

Finalmente, o terceiro itinerário intitula-se “Os cafés e as constelações de lugares nos anos 80: a geração do rock” e desenvolve-se “em torno dos lugares de encontro dos anos oitenta e no despontar do movimento rock”. A antiga pastelaria Sul-América (atual Burger King) e o Jardim dos Coruchéus serão, respetivamente, o ponto de partida e de chegada deste percurso.

Este terceiro itinerário irá realizar-se no dia 22 de setembro, às 11h00, e no dia 23 de setembro, às 11h00 e às 17h30.

Todos os itinerários têm uma duração prevista de duas horas e estão limitados à participação de 20 pessoas. As inscrições podem ser feitas através do envio de um e-mail para o endereço itinerarioscafes@jf-alvalade.pt

Não só itinerários, também tertúlias

Esta iniciativa inclui também um conjunto de tertúlias temáticas, através das quais se procurará “refletir sobre o tempo e o modo perscrutado nos três itinerários culturais”. Nessas tertúlias vai participar uma mão cheia de atores desses tempos.

Assim, no dia 1 de setembro o Café Vá-Vá receberá, às 18h30, a tertúlia “Os cafés de «Os Verdes Anos»”, com a presença de Alfredo Barroso, Ana Louro, Isabel Maria Mendes Ferreira, Isabel Ruth e Lauro António.

No dia 8 de setembro, também pelas 18h30, o mesmo espaço será palco da tertúlia “Os cafés e outros lugares de encontro dos dias da liberdade do 25 de Abril de 1974”. Esta conversa terá como convidados Eduardo Boavida, Elísio Summavielle, Margarida Gil e Miguel Vale de Almeida.

Por fim, no dia 22 de setembro o Popular de Alvalade vai acolher a tertúlia “Os cafés e outros lugares de encontro dos anos oitenta: a geração do Rock”. Samuel Palitos, Manuel Wiborg, Pedro Lopes e Pedro Oliveira são os convidados desta sessão.

A iniciativa “Os Cafés e outras Constelações de Encontro da Avenida de Roma: um Mapa-Múndi Pintado no Bairro de Alvalade” tem coordenação técnica do geógrafo Aquilino Machado, que conduzirá todos os itinerários e tertúlias, e colaboração técnica de Diogo Silva.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.