No passado o Ganhão, ou "ganha-pão", designava os trabalhadores da lavoura nas herdades do Alentejo. É em memória destes homens que o município de Estremoz organiza anualmente o festival gastronómico que atrai milhares de visitantes.

Nos dias em que decorre o certame, em 2019, de 28 de novembro e 1 de dezembro, o Parque de Feiras da localidade alentejana, reúne dezenas de tasquinhas e bares com os comeres locais, assim como bancas com a doçaria.

Espaço, ainda, nesta 27ª edição, para os produtores locais, do vinho aos queixos e enchidos e o artesanato alentejano.

Também no decurso do festival gastronómico, tem lugar no pavilhão do Parque de Feiras, a mostra “Estremoz Caça, Pesca e Atividades da Natureza”, numa organização da Confraria dos Amigos do Campo, com o apoio do município.

A iniciativa conta, ainda, com um cartaz musical. A 29 de novembro, sexta-feira, sobe ao palco Quim Barreiros. As Bombocas atuam no sábado, 30 de novembro.

Historicamente, encontramos duas categorias de Ganhões, os “de pensão”, que trabalhavam todo o ano numa determinada herdade, e os “rasos” que trabalhavam no que aparecia para fazer: Sementeiras, apanha da azeitona, colheitas. Estes rapazes de lavoura trabalhavam de sol a sol e viviam unicamente do seu trabalho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.