O King’s Joy é o primeiro restaurante vegetariano com a classificação máxima no prestigiado guia gastronómico, o guia Michelin. Gary Yin, chef deste pequeno espaço em Pequim, na China, recorre apenas a vegetais e legumes em todos os pratos que apresenta aos seus clientes.

Este restaurante teve uma ascensão meteórica ao conquistar três estrelas no espaço de três anos. E o destaque vai para a ausência de carne e peixe, fator que torna esta missão ainda mais difícil.

Aqui há pratos vegetarianos e veganos, muitos deles confecionados com ingredientes de produção local ou de explorações agrícolas próximas. Os mais conhecidos são a mescla de nozes e ervilhas, o arroz com cogumelos e resina de pêssego.

Outra das preocupações que o espaço tem é com o ambiente. Aos jantares apagam-se as luzes e tudo é servido às luz das velas, tornando-o acolhedor e, inclusivamente, romântico.

Este é o segundo restaurante com três estrelas Michelin na cidade chinesa, sendo que o Xin Rong Ji manteve a distinção máxima. O Jingju é outra das novidades na cidade na categoria de duas estrelas.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.