Recentemente renovada, a Trindade junta-se à iniciativa do Centro Nacional de Cultura e recebe o historiador Anísio Franco, para uma visita guiada pelas suas salas repletas de história e de arte. Considerada por muitos a mais bela e antiga cervejaria de Portugal, a Trindade está localizada no espaço ocupado há oito séculos pelo Convento da Santíssima Trindade.

"A Trindade tem com Lisboa uma história de cumplicidade. Alfacinha de gema, é conhecimento e experiência sobre a cidade. Ouviu-a, sentiu-lhe o pulso e viu-a mudar. Tem com Lisboa uma ligação que nunca vai acabar. Conhece como ninguém a história e a atualidade da cidade e tem legitimidade histórica para se dar a descobrir através da visita, num património que merece ser destacado e que o Centro Nacional de Cultura promove nesta iniciativa", revela o restaurante e comunicado.

Classificada como Património Cultural da cidade de Lisboa, tem uma riqueza azulejar e histórica de relevância. Foi convento, sobreviveu ao terramoto de 1755, recuperou de dois incêndios, em 1704 e em 1756 e resistiu à passagem do tempo.

Depois de desmantelado, após a extinção das ordens Religiosas em Portugal em 1834, o edifício foi então adquirido por Manuel Moreira Garcia, onde instalou a fábrica de cerveja e a cervejaria Trindade. Viria a encomendar painéis de azulejos a Luís Ferreira, o Ferreira das Tabuletas, diretor artístico da Fábrica de Cerâmica Viúva Lamego em 1863, no Átrio e antigo Refeitório do Convento, e que estão cuidadosamente preservados até aos dias de hoje.

Em 1946, é criado um salão no espaço ocupado em tempos pela igreja do Convento e para a sua decoração foi convidada a artista Maria Keil, que desenvolveu uma série de painéis em mosaico de pedra, inspirados na calçada portuguesa, que por sua vez tem as suas raízes ancestrais nos mosaicos que decoravam o pavimento e suas paredes das villas e templos romanos.

O mobiliário foi desenvolvido pelo seu marido, o Arquiteto Keil do Amaral que compõe ainda hoje a decoração da Cervejaria Trindade.

Adquirida em 2007 pelo Grupo Portugália, a Trindade usufruiu de uma renovação que durou 13 meses e reabriu no início de setembro com um novo conceito, um novo menu da autoria do Chef Alexandre Silva e um espaço renovado pela arquiteta Ana Costa, recuperando sua essência e mantendo-se fiel à sua história e ambiente de cervejaria.

A iniciativa Festa no Chiado - Cultura no Chiado foi criada após o grande incêndio nos Armazéns do Chiado, em 1988, quando as ruas do bairro lisboeta ficaram vazias e o Centro Nacional de Cultura criou uma dinâmica fora do comum para chamar os portugueses de volta ao bairro. A iniciativa foi um sucesso e desde então que se tem realizado todos os anos. São sete dias de passeios e visitas pelas instituições mais emblemáticas do Chiado, para promover o seu rico património.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.